quinta-feira, 31 de julho de 2008

Já se imaginou em um filme?

Você vive numa cidadezinha nojenta, não há nada pra se fazer, a tv mal pega, computador, o que é isso? Você sabe que pode fazer o que quizer porque presa é que você não vai! Então de repente sua "sorte" chega, não de onibus, de carro, no asfalto empuerado, na pele de um assassindo, frio, com um olhar penetrante. Ele entra na lanchonete percebe a sua presença, mas disfarça, você finge que nem viu ele entrar.Um cara no bar achando que está com tudo resolve brincar com você, irritada você não pensa duas vezes, dá um soco nele, e faz jorrar sangue em cima da mesa. O tal cara assassino, vai atrás de você depois de ser expulsa da lanchonete, você entra no carro, ele te olha pelo vidro e então se aproximando diz:
- Pode me dar uma carona?
O cabelo dele não é dos melhoes, mas ele tem um corpo...
- Depende, pra onde você vai?
- Não enteressa, me dá uma carona?
- Olha, tem um cara saindo alí,pede pra ele!
- Vai me dar uma carona ou não?
- Entra.
No meio do caminho você olha para ele, e friamente diz:
- Então, fala logo?
- Falar o quê?
- Você nem ao menos sabia para onde eu estava indo, só me pediu uma carona,é isso mesmo que você quer?
- Porque você está disposta a dar outra coisa? ^^



PS: a história continua, não se preocupa, pq o que segue não é uma cena de sexo, masss..
Vamos ver como o meu sonho vai continuar.. 8)

Um comentário:

Cíntinha disse...

Eu tinha lido o outro, ok?
Mas esse ai me deixou curiosa,
quero saber o final. Ah, e no começo, achei que combinou comigo (tirando a parte do computador, hehe)

Beijoo :)²